Spoiler: Sonic & The Black Knight


Depois de um longo, longo e longo inverno, retornamos com a seção Spoiler. O fato é que andei bastante ocupado com muitas coisas, e não tive tempo de pegar algum jogo pra fazer o spoiler dele. Mas, hoje estou excepcionalmente com um humor para tal, então vamos nessa. O jogo de hoje é bastante criticado por fugir da temática do personagem (geralmente esquecem que é um Spin-Off) e pela mecânica repetitiva (o que é de certa forma verdade), mas tem um roteiro muito do bacana, falo de Sonic and The Black Knight. (mais…)

SPOILER: Devil May Cry 3 – Dante’s Awakening


Olá amigos, quarta-feira é dia de SPOILER e mais uma vez estamos cá para revelar o enredo de um jogo. Desta vez, vamos para um dos jogos de ação mais bacanas do PS2, mas que também é um dos mais difíceis. A série hoje em dia não tem tanta força quanto na era do PS2, mas a CAPCOM pretende esse ano revitalizá-la. Falo é claro, de Devil May Cry, cuja trilogia inicial foi compilada e remasterizada em HD e relançada para os consoles da geração atual, e um novo episódio está para ser lançado. Vamos voltar cronologicamente aonde tudo começou, com Devil May Cry 3: Dante’s Awakening.
Devil May Cry 3: Dante’s Awakening

Produtora: Capcom

Plataformas: PS2, PC, Xbox 360 e PS3

Gênero: Ação
A história começa com Dante, em sua loja ainda-a-ser-nomeada, quando um visitante chamado Arkham entra e entrega um convite à Dante, de seu irmão gêmeo Vergil. Esse “convite” é um ataque de demônios. Após Dante acabar com os inimigos que estavam em torno de sua loja, uma imensa torre irrompe do solo, e o local dela é bem próximo dali. Sentindo Vergil na torre, ele aceia o “convite”.

Na entrada da Torre, Dante confronta e vence Cerberus. Reconhecendo a força de Dante, Cerberus dá a ele sua alma em forma de uma arma. Logo depois (numa cena MUITO LOL com direito a Dante surfando num MÍSSIL), Dante é atacado por uma mulher numa motocicleta, Lady. Seguindo em frente depois desse momento, é revelado que Arkham trabalha para Vergil e que eles planejam tomar a metade que Dante possui de um medalhão dado a eles por sua mãe, e usar esse poder para reativar a habilidade da torre de conectar o mundo dos humanos ao dos demônios, formando algo similar a um Portal do Inferno. Também é revelado que Arkham é o pai de Lady, e ele matou a mãe dela, e ela está perseguindo ele por vingança.
Após alguns encontros com demônios enquanto sobe a Torre, Dante conhece Jeste, um misterioso residente da torre. Ele também encontra Lady novamente, aliás, quem deu o apelido de “Lady” a ela foi o próprio Dante, já que ela não gosta de ser chamada por seu nome de batismo, Mary, que foi dado por seu pai. Logo depois, Dante encontra e luta com Vergil, que vence Dante usando a espada dele mesmo. Ele toma a metade de Dante do amuleto e parte. Como a Rebellion “provou” do sangue de Dante, seus poderes demoníacos adormecidos despertam e ele sai em busca de Vergil.

Pouco tempo depois, Arkham abre a porta para a sala de controle localizada no porão da Torre. Vergil sente que Arkham não está bem devido a sua falha em matá-la, e o manda embora, já que como a porta final está aberta, Arkham não é mais necessário. Dante eventualmente chega até Vergil na sala de controle, que aparentemente não pode reativar a torre. Vergil luta com Dante na esperança de que o Sangue de Sparda possa fazer a torre reativar, o que implica (para Vergil) que a maior partte do sangue será de seu irmão. Eles lutam equilibradamente até serem interrompidos por Lady, e eles estão feridos e fracos. Eles são novamente interrompidos por Jester, que nocauteia Lady e revela que na verdade ele é Arkham e que estava manipulando todos eles para reativar a torre para suas próprias metas. Arkham planeja ir ao mundo dos demônios e adquirir o Force Edge, que contém a força de Sparda, e usá-lo para dominar o mundo. Ele também revela a Vergil que faltava um ingrediente para a reativação da torre, o sangue de uma sacerdotisa humana, e por acaso, Lady é a sacerdotisa, e sacrificando parte do sangue de Lady, Arkham quebra a magia que evitava a ativação da torre. A Torre se transforma, levando Arkham para longe, enquanto Vergil desaparece na confusão.
Dante percorre o caminho de volta subindo a torre, e luta com Lady pelo diireito de perseguir Arkham. Dante vence e Lady confia a ele a mais poderosa arma dela, a Kalina Ann. Dante chega ao topo e vai para o mundo dos demônios com Arkham, que assumiu a forma demoníaca de Sparda. Subjulgado pelo poder, Arkham assume uma forma mais grotesca e luta com Dante. Durante a luta, assim que Arkham diz que Dante não tem chance contra o poder de seu pai, Vergil reaparece e os dois irmãos lutam juntos para derrotar Arkham. Dante usa suas pistolas, Ebony e Ivory para derrotar de vez Arkham enquanto grita: “LOTERIA!”. Arkham é jogado para fora do mundo dos demônios num estado enfraquecido, no topo da torre, aonde Lady o mata. No mundo dos demônios, Dante e Vergil lutam para ver quem ficará com o Force Edge e as metades do amuleto. Após uma batalha épica, Dante sai vitorioso. E enquanto o portal fecha, Vergil decide ficar para trás, e então desaparece nas trevas com metade do amuleto.
Retornando ao mundo humano, Dante encontra Lady fora da torre, aonde ela solta a frase: “Demônios Podem Chorar” (Devil May Cry) enquanto tentava confortar Dante sobre a perda de seu irmão. Eles formam uma amizade e o começo de uma parceria na caçada aos demônios. Ele depois nomeia sua loja “Devil May Cry”. Numa cena secreta (cumprindo algumas condições), Vergil, apesar de muito enfraquecido, está determinado, e ele encontra Mundus, um velho inimigo de seu pai e parte para lutar contra ele.

SPOILER: Final Fantasy IV


Bem vindos a seção Spoiler novamente. Depois de uma semana de descanso desde Kingdom Hearts 3D, vamos explorar mais um jogo em seus detalhes importantes. Dessa vez, não dedicarei o tempo a uma série, mas sim a jogos separados. Hoje, destacarei novamente um RPG, sendo que esse jogo é um dos que me fizeram realmente apreciar o gênero. No caso, como vocês devem ter percebido pelo título, trata-se de Final Fantasy IV, que é um dos meus RPG’s favoritos e meu Final Fantasy Favorito.

 

Final Fantasy IV

Produtora: Squaresoft/Square-Enix

Plataformas: Snes, PS1, Wonderswan Color, Game Boy Advance, Nintendo DS, PSP e mobile

Gênero: RPG

 

A mais poderosa nação do mundo, o Reino de Baron, está utilizando sua inigualável força aérea, os Red Wings e sua legião de Cavaleiros Negros para atacar nações pacíficas numa busca dos quatro Cristais que correspondem a diferentes elementos da Natureza. Cecil Harvey, um Cavaleiro negro e líder dos Red Wings, começa a questionar as razões do rei após roubar o Cristal d’Água da cidade dos magos, Mysidia. Depois de questionar o Rei, Cecil cai em desgraça e é destituído de sua patente e mandado, juntamente com seu amigo, o Lanceiro Kain Highwind para entregar um anel no vilarejo da Névoa.
Antes de sair em sua jornada, Cecil recebe apoio emocional da Feiticeira e Arqueira, Rosa Joanna Farrell, sua antiga amiga, cujos sentimentos por ele foram além de uma mera amizade, e Cid Pollendina, o engenheiro da esquadra aérea de Baron e uma figura paterna para Cecil. Assim que chegam no vilarejo, as bombas no anel são liberadas e destroem toda a cidade, matando a maioria dos seus habitantes. Cecil e Kain encontram uma jovem menina sobrevivente chamada Rydia, que Cecil decide levar com eles, mas Rydia invoca o Titan e Kain acaba desaparecendo. Cecil, furioso com o Reino de Baron e com os Red Wings, começa uma jornada para impedí-los.
Em sua jornada de volta a Baron, Cecil encontra Rosa adoecida com a Febre do Deserto; um velho Sábio chamado Tellah; o covarde e emocional príncipe de Damcyan (que era Genro de Tellah), Edward Chris von Muir, e o poderoso Monge de Fabul, Yang Fang Leiden, que se juntam a ele. Cecil também encontra Kain, que continua indo atrás dos Cristais para Baron. Ele é acompanhado de um homem chamado Golbez, pois Kain não conseguiu matar Cecil. Durante uma emboscada, Golbez sequestra Rosa. O grupo descobre que Golbez está manipulando Kain e o Rei de Baron para conseguir os Cristais.
Depois do navio do grupo ser atacado pelo monstro marítimo Leviathan, Rydia foi aparentemente levada pela fera e Cecil acaba parando próximo de Mysidia, aonde ele é forçado a expiar seus pecados se tornando um Paladino. É também ali que ele encontra os aprendizes de mago Palom e Porom, que agem como guias e monitores em sua jornada pelo Monte Ordeals. Tellah os encontra e se junta novamente a eles, sendo que ele procura o poder da magia Meteoro, e depois de derrotar o Demônio Elementar da Terra, Scarmiglione duas vezes, Cecil sobrepõe suas trevas interiores e se torna um Paladino. Tella relembra suas magias e aprende a Meteoro, que ele não pode usar ainda.
Após Cecil garantir o status de Paladino, o grupo invade Baron pela Estrada do Demônio. Entretanto, Golbez está manipulando os soldados de Baron, e substiuiu o rei por Cagnazzo, o Demônio Elementar da Água, a quem Cecil e companhia destroem. Cid consegue escapar de sua cela durante algum momento desse incidente, e depois dos gêmeos se sacrificarem se petrificando para parar uma cilada, o grupo toma os céus na aeronave de Cid. Cecil encontra pouco tempo depois, o dominado Kain, que força Cecil a entregar o Cristal da Terra em troca da vida de Rosa. Após Cecil e cia. tomarem o Cristal do Elfo Negro, Kain leva o grupo para a Torre de Zot, aonde Golvez mantém Rosa.
Após encarar Golbez diretamente, Tellah sente que esse é o momento e o ataca com o Meteoro, cujo uso o mata, mas não é o suficiente para matar Golbez, embora os ferimentos o fizeram recuar, além de quebrar o domínio dele sobre Kain. Kain explica que Golbez não tem todos os cristais, que existem outros quatro, chamados Cristais Sombrios, estão escondidos na terra subterrânea dos Anões e Golbez já roubou dois deles. O grupo resgata Rosa, e após destruir Barbariccia, o Demônio Elementar do Vento, eles liberam um caminho para o subterrâneo e procurar os Cristais sombrios.
Cecil e cia. perseguem Golbez pelo subterrâneo e tentam capturar os Cristais antes que Golbez o faça. Entretanto, eles perdem um numa batalha contra Golbez no Castelo dos Anões, aonde Rydia se junta novamente ao grupo. Depois, após a Torre de Babil e os aparentes sacrifícios de Yang e Cid, Edge, o principe Ninja de Eblan se junta ao grupo e os ajuda a derrotar Rubicante, o Demônio Elementar do Fogo. Pouco tempo depois, Golbez captura o Cristal remanescente e retoma o controle mental sobre Kain, que rouba o último cristal de Cecil e foge. Golbez recua para a segunda lua do planeta. Para descobrir o que Golbez planeja fazer com os cristais, e esperando detê-lo, Cecil segue Golbez até a Lua usando uma nave ancestral conhecida como Baleia Lunar, que estava escondida na baía de Mysidia.
Na Lua, Cecil conhece Fusoya, que explica que ele descende de uma raça chamada Lunariana, que se originou de um planeta que foi destruído e formou um cinturão de asteróides. O pai de Cecil, Kluya, era responsável por guardar os Cristais, que correspondem aos cristais na lua que mantém os pensamentos dos Lunarianos, no Planeta Azul e introduzir avanços tecnológicos, como as aeronaves. Entretanto, um Lunariano, Zemus, planeja erradicar toda a vida do planeta para a colonização Lunariana. Também é revelado que Zemus está manipulando Golbez e Kain, e planeja usar os cristais para reviver um andróide, o Gigante de Babil, e limpar o planeta para seu propósito.
Acompanhado por Fusoya, que pode neutralizar o campo de força do Gigante de Babil, Cecil retorna para o Planeta Azul para encontrar o Gigante revivido. O mundo todo – incluindo os ex-membros da equipe Edward, Cid, Yang, Palom e Porom – participa no ataque. Após usar a aeronave de Cid para entrar no Gigante, o grupo derrota os Demônios lá dentro e destroem a CPU. Após pararem o andróide, Golbez confronta o grupo na intenção de destruí-lo. Porém, Fusoya é capaz de romper o controle de Zemus sobre Golbez e Kain. Logo depois, Cecil descobre que Golbez é seu irmão mais velho. Golvez e Fusoya voltam para a lua para tentar derrotar Zemus, e o Grupo de Cecil os seguem.
Após lutarem para chegar ao centro da Lua, Cecil observa Golbez e Fusoya derrotarem Zemus, só para descobrirem que sua morte desencadeou o surgimento de um ser mais poderoso chamado Zeromus, a personificação do espírito odioso de Zemus. Zeromus derrota facilmente Golbez e Fusoya e então ataca o grupo de Cecil. Somente com a força de todos, combinado com um Cristal especial providenciado por Golbez, Cecil e seus amigos conseguem derrotar Zeromus.
Após a destruição de Zeromus, Fusoya retorna a seu sono com o resto de seu povo. Golbez, sentindo que não poderá retornar a terra depois do que ele fez, e se tornando meio Lunariano, vai com ele, mas antes disso, Cecil o perdoa e o chama de irmão. Depois, todos retornam para a terra, e muitos dos companheiros de Cecil terão que reconstruir seus lares. Kain vai para o Monte Ordeals para treinar por conta própria, jurando não retornar a Baron até que ele prove pra si mesmo que ficou forte. Os companheiros de batalha de Cecil (exceto Kain) vão para o casamento de Cecil e Rosa, que se tornam Rei e Rainha de Baron.
Fim?

 

Bem, a história de Final Fantasy IV continua em Final Fantasy IV: The After Years (mobile, Wiiware e PSP – Via FF IV Complete Collection), mas isso é assunto para outro dia. Até a próxima, pessoal!

SPOILER – Kingdom Hearts 3D: Dream, Drop, Distance


Olá, finalmente chegamos no dia da última seção Spoiler dedicada a série Kingdom Hearts. Depois de passar praticamente duas semanas respirando a série (estou rezerando KH II quando me sobra um tempo pra jogar e não estou ultra cansado, e devo colocar o KH Chain of Memories pra jogar no DS), é bom terminar algo e ficar com a cabeça em paz, Caso não haja sugestões de jogos (há espaço nos comentários da aba spoilers, na página do Facebook do blog ou no meu twitter – com a sugestão de jogo + hashtag #SPOILER), acho que o próximo jogo da seção será o Clássico Final Fantasy VI, mas é somente SE não houver sugestão. Aviso dado, vamos ao próximo aviso.
Este é um jogo que ainda NÃO SAIU no ocidente. Caso não queira saber detalhes de algo que ainda não saiu deste lado do oceano, evite a coluna de hoje. Não me responsabilizo pelos mimimis em comentários, certo? Então vamos recapitular o que aconteceu anteriormente em Kingdom Hearts II e KH Re:Coded:
Sora, Mickey e Donald viajaram novamente pelos mundos enquanto confrontavam os membros remanescentes da Organização XIII. Com a ajuda (e o sacrifício) de Axel, Sora e cia. conseguem chegar a The World That Never Was para acertar as contas de vez com a organização. Lá, Sora e Kairi se fundem de vez com seus Nobodies (Roxas e Naminé) e Sora, com a ajuda de Riku, consegue impedir o plano sinistro de Xemnas. (Eventos de KH II) Pouco tempo depois, Mickey e o Grilo falante descobrem uma anomalia no diário do Grilo, e criando uma versão digital de Sora, investigam essa anomalia, paralelo a isso, o feiticeiro (e mestre de Mickey) Yen Sid descobre que o fim de Ansem (O Heartless de Xehanort) e Xemnas, desencadeou no renascimento de Xehanort (o que possuiu Terra) e do temível Master Xehanort, e assim que comunica Mickey desse fato, avisa que Sora e Riku terão de fazer o exame para se tornarem Mestres da Keyblade, e Mickey relata isto em sua carta para Sora, Riku e Kairi. (Eventos de Kingdom Hearts Re:Coded) agora vamos a preparação para a grande batalha, em Kingdom Hearts 3D.

 

Kingdom Hearts 3D: Dream, Drop, Distance

Plataforma: Nintendo 3DS
CUIDADO, SPOILERS DE UM JOGO AINDA NÃO LANÇADO NO OCIDENTE. NÃO VENHA CHORAR ISSO DEPOIS, SEU MARICAS

Em Radiant Garden, Braig (que se tornaria o nobody Xigbar) entra na sala dos computadores de Hollow Bastion e encontra Even (que se tornaria Vexen) e Ienzo (Zexion) caídos inconscientes no chão, com rastros de trevas emanando deles. A única outra pessoa presente na sala é Xehanort (que possuiu Terra), a quem Braig questiona. Terra-Xehanort responde invocando a Keyblade de Mestre Xehanort e acertando o peito de Braig com ela, extraindo seu coração. Assim que Braig cai inconsciente, Terra-Xehanort declara que agora ele é “Ansem”.
Onze anos depois, Yen Sid põe Sora e Riku num teste para torná-los Mestres da Keyblade e conter o iminente retorno do Mestre Xehanort. Como parte do exame, os dois são mandados a diversos mundos que foram restaurados dos ataques dos Heartless depois da derrota de Ansem (O Heartless), mas foram postos num estado de “sono profundo” que os desconectam de outros mundos. Estes mundos foram atacados por Dream Eaters – criaturas nascidas das trevas que procuram as Keyholes dos mundos adormecidos. A tarefa de Sora e Riku é despertar os mundos adormecidos liberando as sete Keyholes que eles encontrarem nos mundos e então retornar ao Reino da Luz, aonde eles serão nomeados Mestres da Keyblade. Os dois viajam pelos mundos adormecidos de maneira independente do outro, depois de serem separados no começo do exame e recrutam Dream Eaters bondosos (“Spirit” Dream Eaters) para ajudá-los a encontrar as Keyholes e lutar contra os maléficos “Nightmare” Dream Eaters que tentam destruir os mundos.

 
Enquanto isso, de volta a Radiant Garden, Lea (Axel) desperta e percebe que ele foi restaurado a sua forma original, depois da destruição de seu Nobody, Axel. Ele descobre que seus companheiros Dilan (Xaldin), Even (Vexen), Aeleus (Lexaeus) e Ienzo também foram revividos, mas depois de procurar pelo mundo, Lea não consegue encontrar nenhum dos outros membros (da Organização) revividos. Ienzo explica que quando um Heartless e um Nobody de uma pessoa em específico é destruído, ela (a pessoa) retorna ao mundo aonde se tornou Heartless e Nobody, a menos que o mundo tivesse sido destruído. Lea então, lembra que Braig e Isa estavam em Radiant Garden quando eles se tornaram Xigbar e Saïx, e sai para procurá-los.
Mickey, Donald e Pateta estão observando o andamento do teste com Yen Sid, quando Diablo, o mascote de Maleficent entrega uma carta a eles juntamente com a coroa da Rainha Minnie. Os três retornam rapidamente para o Castelo Disney com a nave Gummi e enfrentam Maleficent e Bafo na biblioteca do castelo, aonde eles mantém Minnie refém. Maleficent os conta sobre o primeiro encontro dela com Mestre Xehanort e exige acesso aos Arquivos dos Mundos, mas Mickey se recusa, então Maleficent ataca, porém, uma coluna de trevas aparece e as Chamas Eternas saem dela, uma bloqueando o ataque de Maleficent, a outra distraindo Bafo o suficiente para ele perder o contato com Minnie. Sem uma refém para negociação, Maleficent e Bafo fogem, enquanto que da coluna de trevas sai Lea (o dono do ataque), que os acompanha à Torre Misteriosa e faz um pedido intrigante a Yen Sid.
No Reino dos Sonhos, Sora e Riku cruzam caminhos com o ressucitado Ansem e Xemnas, assim como um jovem misterioso de preto que é ligado ao Mestre Xehanort. Eventualmente, uma vez que todas as sete Keyholes são seladas, Sora acaba parando em The World That Never Was ao invés do Reino Da Luz. Ele encontra Xigbar e o jovem encapuzado novamente. Emboscado numa ilusão, Sora descobre que o jovem é na verdade uma versão alternativa do Mestre Xehanort, em seus dias de juventude, quando recebeu uma visita do desencarnado Ansem numa viagem temporal. O Jovem Xehanort ganhou a habilidade de viajar através do tempo e tem viajado a diferentes épocas para recrutar diferentes encarnações de Xehanort. Sora tenta desesperadamente chegar ao Castelo, mas é interceptado por Ilusões de Roxas, Xion, Terra, Aqua e Ventus, o que deixa seu coração mais vulnerável.
Eventualmente, ele encontra Xemnas e Xigbar, que explicam que o Jovem Xehanort tem recrutado diferentes incarnações de Xehanort para criar uma nova Organização XIII, os membros até ali sendo Mestre Xehanort, o Jovem Xehanort, Ansem (O Heartless), Xemnas e Xigbar. Esse era o plano original para a primeira Organização XIII, quando o Mestre Xehanort planejava colocar um pedaço de seu próprio coração em cada um dos Nobodies, que seriam enganados para pensar que tinham um coração, assim os mantendo leais a Xemnas, mas a independência deles, coisa demonstrada por Axel e Roxas, fez seus planos impossíveis de se realizar. Recusando-se a se tornar um dos escravos do Mestre Xehanort, Sora luta com Xemnas. Ainda que ele pudesse vencer, seu coração estava fraco e ele cai em um estado de coma, e é levado para o castelo pelo Jovem Xehanort. Sora cai nas trevas, mas seu coração é protegido pela Armadura da Keyblade de Ventus.
Riku acaba chegando no castelo, aonde ele encontra o corpo em coma de Sora flutuando num campo de força. Depois de lutar contra um inimigo misterioso do passado de Sora, Ansem leva Riku para as trevas. Ele então explica que Riku esteve lutando nos sonhos de Sora todo o tempo, agindo como um Dream Eater destruindo os Nightmares no processo. Ansem, vendo que Riku aceitou suas trevas, pergunta se ele gostaria de juntar forças com ele. Riku explica que ele havia a princípio duvidado de sua capacidade de portar uma Keyblade depois de ver Xehanort perdendo a sua ao se tornar um Heartless. Lembrando de uma conversa que teve quando era criança, que ele exprimiu seu desejo de visitar outros mundos, Riku aceita que ele pode manter as trevas em seu coração e ainda assim, ser capaz de ser um Mestre da Keyblade, e assim, ele recusa a juntar forças com Ansem. Após os dois lutarem, Riku é transportado para fora dos sonhos de Sora para os verdadeiros Mundos Adormecidos, aonde ele continua a procurar por Sora.
Riku localiza Sora na sala do trono, aonde ele é forçado a lutar com o Jovem Xehanort. Ele consegue vencê-lo e forçá-lo a recuar, mas o Mestre Xehanort é revivido assim que Mickey chega no local. O Mestre Xehanort explica seu passado a Mickey e Riku, sua tentativa falha de criar a x-blade e sua intenção de criar uma nova Organização XIII para formar treze seres de trevas para lutar contra as sete luzes, o que vai recriar a x-blade e reiniciar a Guerra das Keyblades. Com Ansem e Xemnas confrontando Riku e Mickey, Mestre Xehanort se preara para colocar um fragmento de seu coração dentro de Sora, mas Lea chega a tempo de proteger Sora. Xigbar retalia, mandando um dos membros da Organização para confrontar Lea, membro esse que se revela Isa. Ansem invoca seu Guardião, mas Donald e Pateta chegam em cima da hora e o derrotam. Com seus planos temporariamente detidos, Mestre Xehanort recua com sua Organização, mas jura vingança.
O corpo em coma de Sora é levado para a Torre de Yen Sid, aonde Riku entra em seu corpo e restaura seu coração, juntando os pedaços quebrados e libertando Sora da Armadura da Keyblade de Ventus, que fora possuída por um Nightmare. Depois de Sora despertar, Yen Sid declara que apenas Riku passou no teste e se tornou um Mestre da Keyblade. Sem se deixar abalar pela falha no teste, Sora embarca numa nova jornada para treinar por si mesmo, enquanto Lea choca a todos os presentes ao invocar sua própria Keyblade: seu pedido para Yen Sid foi de se tornar um portador da Keyblade e ele apenas dominou a invocação dela.

 

Sora retorna para Traverse Town, aonde ele se encontra sozinho, mas imediatamente se reúne com seus amigos “Espíritos” Dream Eater. Na câmara do Despertar dentro do Castelo Oblivion, Ventus, que ainda dorme, começa a se mover.

 

Yen Sid revela seu plano de reunir sete portadores da Keyblade para combater a nova Organização XIII e impedir o Mestre Xehanort de desencadear outra Guerra das Keyblades. Para isso, ele pediu a Riku que trouxesse Kairi a ele, então ela poderia ser treinada para portar a Keyblade que ela recebeu de Riku (nos eventos de KH II).

 
Ufa! Com isso, encerramos aqui o Spoiler da série Kingdom Hearts, trabalho, doença e finalmente, todos os jogos da série foram resumidos aqui com grandes detalhes. É claro que não coloquei tudo o que acontece nos jogos, até porque não daria e isso tomaria semanas e os fios de cabelo que ainda me restam. Maiores detalhes sobre a história, recomendo que JOGUEM a série, assim poderão ver as diversas recriações dos mundos Disney concebidas por Tetsuya Nomura.

E se quiserem saber mais sobre os Unversed, Heartless, Nobodies, Dream Eaters, a Guerra das Keyblades ou os personagens da série, recomendo que visitem o excelente http://www.khwiki.net (tem conteúdo parecido com o de outra Wiki de KH, mas é mais organizado), tem muitas imagens, artworks e conteúdo bacana pra quem deseja conhecer a fundo a série.

 
E até a próxima oportunidade, aonde estaremos com um jogo novo.

SPOILER Sessão Dupla: Kingdom Hearts II e Kingdom Hearts: Re:coded


Primeiramente, desculpem a demora a voltar com as atividades do blog. Não foi minha culpa, mas quem leu no meu facebook sabe que tive Dengue essa semana, fiquei dois dias em casa (doente) e passei 15 horas (divididas entre dois dias) num hospital. Em segundo lugar, uma mudança drástica na seção Spoiler. Vão sair os dados desnecessários e personagens. Dito isso, um resumo do que aconteceu em Kingdom Hearts até agora:

“Terra, Aqua e Ventus venceram Master Xehanort e Vanitas para salvar os mundos dos Unversed, mas o custo disso foi o sacrifício deles, Terra teve seu corpo dominado por Xehanort, Aqua estava perdida no Reino das Trevas e Ventus estava em coma, com seu coração longe do corpo, vivendo no de Sora. (Aliás, foi o fato de Ventus se abrigar no corpo de Sora que deu a Roxas – O Nobody de Sora – a aparência semelhante a de Ventus)” Kingdom Hearts: Birth by Sleep

 
“Sora, Donald e Pateta viajaram pelos mundos e deteram os planos de Maleficent e de Ansem, salvando os mundos de serem consumidos pelos Heartless, os momentos em que Sora se torna um Heartless e Kairi perde seu coração, dão origem a dois Nobodies: Roxas e Naminé” Kingdom Hearts

 

“Sora e Riku conhecem a Organização XIII no castelo Oblivion. Enquanto Sora sobe os andares para confrontar Marluxia e vai perdendo as memórias nesse processo, Riku batalha no Subsolo, contra a sua própria escuridão interior. No fim das contas, Sora e seus amigos são postos para dormir por Naminé, para recuperar as memórias deles e Riku sai numa jornada com o Rei Mickey” Kingdom Hearts: Chain of Memories
“Roxas surge em Twilight Town e é recrutado para a Organização XIII, enquanto passa seus dias lá, faz amizade com Axel e Xion. Enquanto viaja pelos mundos coletando corações para a meta da Organização, Roxas tem sonhos com Sora, e começa a duvidar dos objetivos da organização. Xion descobre que é uma réplica imperfeita de Roxas e após fugir da organização e ser recapturada, confronta Roxas e morre nos braços dele. Roxas acaba por sair da Organização e é capturado por Riku, que juntamente com DiZ, o insere numa versão virtual de Twilight Town” Kingdom Hearts: 358/2 days

 
Vamos agora aos eventos de Kingdom Hearts 2 e de sua sequência: Kingdom Hearts: coded/ re:coded


Kingdom Hearts II

Plataforma: Playstation 2


A história começa na Twilight Town simulada, com Roxas. Roxas tem tido sonhos das aventuras de Sora enquanto atividades misterosas acontecem com frequência durante as férias de Verão dele. Depois de obter uma Keyblade para se defender dos misteriosos Nobodies, Roxas entra em contato com um jovem de preto, chamado Axel. Axel aparenta conhecer Roxas, ainda que este não tenha nenhuma lembrança dele. Roxas acaba entrando numa mansão abandonada, aonde uma garota chamada Naminé informa a ele que ele é um Nobody, mesmo ele não fazendo idéia do que é um Nobody naquele momento. E, confrontado por um misterioso homem de vermelho chamado DiZ, Roxas descobre Sora, Donald e Patera dormindo numa parte escondida do porão da mansão. Ao chegar lá, ele se funde com Sora e logo depois, Sora, Donald e Pateta acordam do sono de um ano. O Grilo Falante, que havia anteriormente documentado as aventuras do trio, descobre que seu diário está vazio, exceto pela nota: “Obrigado Naminé” (escrita pelo próprio Grilo durante Chain of Memories).
Após encontrar João Bafo de Onça, um novo vilão e falar com Yen Sid, o grupo é informado que eles devem mais uma vez visitar diversos mundos para protegê-los dos Heartless e dos Nobodies, numa tentativa de parar a Organização XIII. Esses mundos incluem os antigos, porém muito mudados locais como Hollow Bastion, e mundos novos que o grupo não havia encontrado antes. Em suas viagens, os Heartless, liderados por uma revivida Maleficent e pela Organização, ganham poder, e forçam Sora a combater um exército imenso de Heartless. Durante a jornada, eles descobrem que o Ansem que eles derrotaram um ano atrás era na verdade o Heartless de Xehanort, e o Nobody de Xehanort, Xemnas, é o líder da Organização XIII, Eles também descobrem que Xehanort foi um aprendiz do verdadeiro Ansem, que está desaparecido.
Após a batalha, Xemnas aparece e revela a meta deles: Os Nobodies planejam criar outro Kingdom Hearts, uma passagem para o Coração de todos os mundos, que aparentemente permitiria os Nobodies terem seus corações de volta. Após confrontar e derrotar outros membros da Organização, Sora chega (graças ao sacrifício de Axel) a The World That Never Was, para acertar as contas de vez com a Organização; ele também se reúne com seus amigos Riku e Kairi. Sora também descobre a verdade sobre Roxas: Ele (Roxas) e Naminé são respectivamente, os Nobodies de Sora e Kairi, criados quando eles perderam seus corações. Naminé finalmente se funde a Kairi. No fim, apenas Xemnas resta dos treze membros originais da Organização. Sora e Riku unem forças para derrotá-lo e dar um fim a seus planos. Também é revelada a identidade do misterioso DiZ, ele é na verdade Ansem, o Sábio, cuja identidade fora usurpada por Xehanort. Sora e seus amigos devem retornar para Destiny Islands, o que significa um adeus para Pateta e Donald, entretanto, ele sabe que em seu coração, esses amigos nunca se irão. Algum tempo depois, Sora, Riku e Kairi recebem uma carta do Rei Mickey, os três lêem a carta e percebem que novas aventuras se iniciarão.

 

Kingdom Hearts coded/ Re:Coded

Plataformas: Celulares (coded) e Nintendo DS (Re:Coded)


Enquanto (O Grilo Falante) organizava os arquivos (do diário) das suas viagens com Sora e os outros, no castelo Disney, a curiosidade do Grilo Falante sobre a linha “Obrigado Naminé” resulta numa mensagem que ele não escreveu: “Sua ferida será cicatrizada quando você voltar para terminar de fazê-la”. Para investigar o essa mensagem, o Rei Mickey digitaliza o conteúdo do diário e envia um Data-Sora (chamaremos de D-Sora) para a versão Virtual de Destiny Island para seguir os eventos do diário e descobrir a identidade daqueles que estão “machucando”.
Assim que D-Sora desperta em Destiny Islands, ele encontra numerosos “bugs” que tomam a forma de blocos vermelhos e negros, cobrindo todo mundo. Enquanto elimina os Heartless e destrói os bugs, D-Sora viaja a outros mundos infectados por bugs e retornando eles ao normal, seguindo uma figura encapuzada por ordens do Rei Mickey.
Enquanto isso, Heartless começam a aparecer dentro do Castelo Disney, e todos se encontram encurralados numa sala. Para a surpresa deles, eles são salvos por D-Sora. Repentinamente, a figura encapuzada se revela como o Diário do Grilo Falante, tomando a forma de Riku e explicando que eles não estão mais no mundo normal, mas no Mundo-Data. Sora é mandado pelo Diário para descobrir sua verdadeira identidade, apenas para encontrar Maleficent e Bafo, do mundo real. Maleficent destrói a Keyblade de D-Sora e invoca Heartless para atacá-lo. Mickey e o Diário-Riku chegam para salvar D-Sora, mas o Diário-Riku é abduzido por Maleficent, que toma controle dele com os Bugs para combatê-los, mas D-Sora consegue ainda assim derrotar o Diário, que cai inconsciente.

 
Mickey informa a D-Sora, que a menos que os bugs sejam destruídos, o Diário nunca irá despertar. D-Sora decide encontrar uma maneira de despertar o Diário, e entra no Mundo-Data de D-Riku, perdendo suas habilidades no processo. Os dois visitam vários mundos das lembranças de D-Riku e encontram um caminho de volta para Hollow Bastion, aonde eles lutaram e derrotaram Maleficent. Enquanto isso, o Rei Mickey descobre que ele em breve retornará para o mundo real, mas o Diário, assim que completado terá de ser apagado, o que significaria o fim das lembranças de D-Sora. Quando a hora chega, Sora pede mais tempo para salvar Bafo e Maleficent, que ainda estão no Mundo-Data. D-Sora os encontra lutando com o Heartless de Sora, mas Bafo e Maleficent são aparentemente eliminados antes que ele possa interferir. D-Sora derrota o Heartless de Sora e descobre que Bafo e Maleficent foram resgatados pelo Diário por meio de “uma brecha no arquivo”. Eles deixam o Mundo-Data logo antes de Mickey retornar ao mundo real, apagando o Diário. Uma nova mensagem aparece, dizendo que uma nova porta para um novo mundo foi aberta, que é o arquivo do Mundo-Data adicionado no Diário. Mickey, percebendo que essa tarefa pode ser perigosa demais para D-Sora se ele não tiver lembrança nenhuma, pede pra ser transportado para o Mundo-Data novamente.
Encontrando D-Sora em Traverse Town, Mickey o leva para o Castelo Oblivion, aonde D-Sora é confrontado por um jovem de preto. Ele conta a D-Sora que se ele quer saber a verdade, ele deve seguir em frente por si mesmo, pelos mundos anteriores que ele visitou destruíndo bugs. Durante esse tempo, ele percebeu que mesmo que ele não lembre de alguém que tenha encontrado, ainda haverá a tristeza de ter esquecido dessa pessoa, enquanto a figura tentava alertá-lo para não deixar isso consumi-lo. D-Sora discorda e luta com a figura, que se revela D-Roxas. Após perder, D-Roxas lhe dá uma carta, assim como Mickey aparece. D-Sora abre a porta e encontra D-Naminé, que revela que os bugs foram um efeito colateral não intencional da tentativa dela de restaurar as memórias de Sora. Ela também revela a natureza de Sora, como a “Chave que conecta tudo” pelos laços dele com Roxas, Axel e Xion. D-Naminé também conta a D-Sora sobre três figuras (Terra, Ventus e Aqua) também ligadas ao coração de Sora, e que precisam de sua ajuda. Mickey dá adeus a D-Sora e promete a D-Naminé que ele colocará o verdadeiro Sora a par disso.
Mickey prontamente manda uma carta numa garrafa (a mesma de Kingdom Hearts II). Sora tira a carta da garrafa e lê a mensagem de Mickey juntamente com Riku e Kairi.
Pouco tempo depois, na Torre Misteriosa, Mickey informa a Yen Sid que eles estão próximos de encontrar o coração de Ventus e só falta encontrarem Terra. Entretanto, as notícias de Yen Sid são alarmantes, Xehanort foi revivido devido a destruição de Ansem (Xehanort) e Xemnas pelas mãos de Sora, o que levará a ressurreição do Mestre Xehanort. Percebendo que não é “só um” Xehanort que voltou, Yen Sid ordena a Mickey que chame Sora e Riku para aplicar o teste para se tornarem Mestres da Keyblade, para sua luta iminente contra o Mestre Xehanort.

 
Continua na Quarta-Feira, com Kingdom Hearts 3D: Dream, Drop, Distance

Spoiler Edição Dupla: Kingdom Hearts – Chain of Memories; Kingdom Hearts: 358/2 days


Hoje, sessão dupla na Spoiler de hoje. O motivo é simples, as duas histórias acontecem em paralelo e se conectam com Kingdom Hearts II, cada um de sua forma. Hoje daremos sequência aos eventos que se desencadearam com a derrota de Ansem n’O Fim do Mundo e com o fato de Sora ter se tornado um Heartless, mesmo que por pouco tempo. Esses fatos foram relatados em Kingdom Hearts: Chain of Memories, do Game Boy Advance, e Kingdom Hearts: 358/2days do Nintendo DS. (mais…)

Nova Seção: Spoiler


Amigos, bem vindos a nova seção do Blog, Spoiler, dedicada a desbravar o roteiro de excelentes (ok, alguns nem tão excelentes assim, satisfeitos?) jogos e séries, que por muitas vezes estarem numa língua diferente (Inglês ou mesmo Japonês em alguns casos), não conseguem ser apreciados em toda sua plenitude. De aviso, peço aos que ficam incomodados com spoilers sobre os jogos que não tenham finalizado, NÃO LEIAM, pois esta seção traz informações cruciais sobre os momentos chave e finais de jogos. Não é particularmente o meu caso, já joguei alguns jogos e vi algumas séries já sabendo o final, e isso não alterou em nada a experiência. Mas, se você tem mimimi com isso, EVITE. Bem, recado dado, continuemos com isso.
A primeira série que iremos começar a desvendar, será Kingdom Hearts, da Square-Enix, então vamos a um apanhado sobre os jogos, antes de começar o trabalho em si.
Kingdom Hearts é criação de Tetsuya Nomura, que começou a aparecer num RPG antigo que talvez não conheçam, poucas pessoas o jogaram, um tal de Final Fantasy VI (Sim, ele estava na equipe, se você acha que isso é mentira, é porque NÃO JOGOU FINAL FANTASY VI, então abra seu emulador de SNES e o faça, antes que eu vá aí te bater de chinelo), ganhou fama com Final Fantasy VII, e seguiu em Final Fantasy, trabalhou num Tal de Bouncer (beat’em up meio RPG do PS2), e enquanto lançava Final Fantasy X no Japão e deixava os Nintendistas Chupando os Dedos, ele anunciou Kingdom Hearts naquele ano e chocou meio mundo ao juntar os Personagens da Disney, os cabeludos de Final Fantasy, e conseguiu convencer o mundo de que isso não era idiota. A série prosseguiu ao longo dos anos e tivemos jogos lançados em diversas plataformas, vamos listá-los abaixo.
Kingdom Hearts (PS2)

Kingdom Hearts: Chain of Memories (Game Boy Advance)

Kingdom Hearts 2 (PS2)

Kingdom Hearts Coded (Celulares – Apenas no Japão)

Kingdom Hearts Re: Chain of Memories (PS2 – Remasterização do jogo de GBA, que originalmente era um disco bônus da versão Final Mix+ de Kingdom Hearts 2)

Kingdom Hearts 358/2 days (Nintendo DS)

Kingdomn Hearts: Birth By Sleep (PSP)

Kingdom Hearts Re: Coded (Nintendo DS – Remasterização do Jogo de Celulares)

Kingdom Hearts: Dream, Drop, Distance (Nintendo 3DS)
Além dos jogos convencionais, costumam ser lançados (apenas no Japão), por falta de melhor expressão, expansões dos jogos, as versões Final Mix, que tem conteúdo novo e novas cenas, mas, a Square-Enix não quis ganhar dinheiro e não lançou essas versões no ocidente (conheço gente que venderia um rim por elas, incluindo eu mesmo).
A Cronologia da série, até o lançamento de Coded foi bem linear, com KH, o CoM fazendo a ligação entre o 1 e o 2, e o Coded complementando de maneira sutil a conclusão do 2 (ele se passa após o 2), mas chegaram 358/2 Days e Birth By Sleep e adicionaram mais informações na equação, então vamos ver agora como ficou a cadeia de eventos.
Kingdom Hearts: Birth By Sleep, se passa dez anos antes do início de Kingdom Hearts, este é seguido em duas linhas paralelas de tempo, com Chain of Memories cobrindo as aventuras de Sora e Riku (no Castelo Oblivion) e 358/2 days cobrindo o lado de Roxas, e mostrando um pouco mais da Organização XIII, e de certa maneira ligando (de maneira íntima) Chain of Memories e o começo de Kingdom Hearts 2. Logo após Kingdom Hearts 2, temos os eventos de Coded, cujo final (que lembra o de KH 2) explica a missão que Sora, Riku e Kairi terão que enfrentar em Kingdom Hearts 3D, que é segundo Nomura, o último ato antes de Kingdom Hearts 3, jogo que esperamos tem uns sete anos.
No primeiro artigo da série, iremos desvendar os segredos de Kingdom Hearts: Birth By Sleep, então aguarde até domingo.