Mangás do Kyo ~Ou algo do tipo~


Olá a todos, desde Kirby’s Adventure não tivemos uma atualização no Blog, e o motivo, é que além do cansaço do trabalho, estou envolvido com uma outra coisa que eu havia dito no post de Kirby. Agora, eu faço parte de um scantrad, um grupo de tradução de mangás, no caso, como não manjo nada de edição, estou na parte de traduções do grupo. No caso, faço parte do Origami Scans (jabá time, façam uma visitinha e não esperem mangás conhecidos ou longos, mas mangás legais), no meu caso, estou tocando dois projetos de mangás:

#1 Seitokai Yakuindomo (ou SYD para abreviar) – Traduzindo: Membros do Conselho Estudantil

Uma das páginas de SYD, já traduzida e editada

Tsuda Takatoshi é um novo aluno de uma escola que recentemente começou a aceitar homens, logo em seu primeiro dia ele é convidado a participar do conselho estudantil, sendo o único homen do conselho ele se torna o vice-presidente. Assim começa o seu dia como a única pessoa normal do conselho estudantil e em uma escola que praticamente tem apenas mulheres…

É um mangá lançado no formato 4koma (leitura yon-koma), que basicamente a leitura, ao invés de seguir o padrão dos mangás, ela segue um ritmo de colunas (de quatro painéis – ou quadrinhos) da direita para a esquerda. Um exemplo deste tipo de mangá publicado no Brasil, é o K-On! (Kakifly, editora New POP) e também podemos citar os extras do mangá de Gundam Wing (Koichi Tokita, editora Panini), sendo que esses foram adaptados para a leitura ocidental, apesar de ainda seguir o estilo 4koma, o que resultou em algumas coisas confusas, somadas a edição porca (ruim é pouco) da Panini…

#2 Breath of Fire: O Guerreiro Dragão

Página de teste de Breath of Fire

É a adaptação em mangá do primeiro Breath of Fire e primeiro projeto pessoal meu (apesar de ter sido a terceira opção, falarei sobre isso mais a frente). O mangá é relativamente curto (dois volumes de 3 capítulos cada) e creio eu que vai servir como teste real de minha capacidade como tradutor (já que SYD é relativamente fácil, sendo o maior desafio adaptar os trocadilhos pro português). Planejamos (eu e a editora, a Paula “Dorothy”) lançar tudo em dois meses (um volume por mês, pois ainda temos SYD – no meu caso – e Hidan no Aria – no caso dela – pra traduzir e editar)

Breath of Fire não foi minha primeira opção de mangá para traduzir, houveram outros dois antes:

 

Kaikan Phrase É um shoujo + musical, conta a história de uma banda e tudo mais, tem muitos volumes (apesar do tamanho enoooorme, o motivo é que eu gosto do anime dele), mas como tem um scantrad já o fazendo, parti para outra opção.

 

Guilty Gear Xtra Ele se passa entre Guilty Gear e Guilty Gear X, iriamos começar a fazer, já que o scantrad que fazia ele em português abortou faltando 3 capítulos pro fim, mas o projeto teve de ser posto em hiato indefinido até conseguirmos RAW’s decentes do mangá. (Eu já traduzi o cap. 2)

 

Bem, essa é a razão da diminuição do ritmo dos posts no Blog, mas aguarde que mais tarde tem Galeria Cosplay E Review.

Post seguinte
Deixe um comentário

1 comentário

  1. legal Kyo nessa sua tarefa de traduzir mangás, deve ser um trabalho complexo e exaustivo.

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s