HQ Análise: Scott Pilgrim Contra o Mundo (Volume 1)


Olá amigos, caso vocês não tenham notado, exceto pela última quarta-feira com o post de aniversário, essa semana não tivemos posts no Blog, mas foi por um bom motivo (ainda que o motivador não seja lá muito bom). Na segunda-feira, acordei com os olhos avermelhados e inchados, e descobri que era uma conjuntivite. Somando-se as duas vezes em que fui no Hospital (Terça e Sexta) fui afastado (por atestado) do serviço por oito dias. O texto do blog na quarta saiu no sofrimento. Agora eu estou na fase final do tratamento (meus olhos estão melhorando muito, o esquerdo está legal e o direito está retornando a sua coloração normal aos poucos – Na sexta, meu olho estava num vermelho daqueles absolutos, da cor primária mesmo), a base de muito soro fisiológico e um pouco de colírio. Mas no geral eu estou melhor que antes. E bem, ano novo no Blog, que tal retomar as análises de quadrinhos? Ok, só tivemos uma análise da comic de Gears of War, mas de qualquer jeito, era algo que eu queria retomar (tenho até outra análise pronta). Vamos a crítica do primeiro Volume de “Scott Pilgrim contra o Mundo”.
Scott Pilgrim Contra o Mundo Vol. 1

Autor: Bryan Lee O’Malley

Editora: Quadrinhos na Cia.

Número de Páginas: Aproximadamente 370

Preço Médio: Entre 29,90 e 34,90

 

Do que se trata:

A edição Brasileira de Scott Pilgrim, contém os dois primeiros volumes da série Scott Pilgrim, publicados em 2004 e 2005 no Canadá. Para aproveitar o embalo do filme lançado (Com Michael Cera e Chris Evans), a editora resolveu colocar os volumes sem título, deixando apenas “Scott Pilgrim Contra o Mundo” (Que é o nome do Segundo Volume original). E com essa de condensar dois volumes em um, foi-se também as capas originais. A HQ conta a história de Scott Pilgrim, que enquanto tenta tocar sua vida e fazer sucesso com sua banda, tem que lidar com os sete ex-namorados do mal de sua namorada Ramona Flowers.
Traços:

O Traço de Bryan Lee O’Malley com certeza é diferente do que você está acostumado a ler numa HQ ou num mangá. De fato, a princípio parece meio desleixado, até infantil. Mas esse mesmo traço permite um certo maleamento dos personagens em algumas cenas exageradas. A maioria dos personagens (talvez o Pequeno Neil seja exceção por parecer MUITO com o Scott) tem uma identidade própria, exceto coadjuvantes que você não ligará e aparecerão por meia página (tipo uma daquelas amigas vadias da Kim). Os cenários são, como diria assim, você não vai perder muito tempo reparando excessivamente neles, pois como é uma HQ focada na ação, o ritmo é rápido.
Acabamento da Edição Nacional/Tradução
Excetuando a situação da capa original, o acabamento até que é bom, o papel é de boa qualidade (o que até justifica UM POUCO o preço agressivo) e bem, apesar de eu não ser o sujeito mais cuidadoso do mundo, já li um monte de vezes e continua praticamente (exceto uma coisinha ou outra do meu desleixo) em perfeitas condições de leitura. A Tradução está muito bem feita, sem erros ortográficos (Oi K-On #1?) ou termos censurados (Oi Saint Seiya da Conrad?), apesar da linguagem leve, há sempre um ou outro termo mais picante, um viadinho aqui, um bichinha ali.
Considerações Finais
Scott Pilgrim não agradará a todos. Talvez por seu traço, ou por referências demais a coisas da cultura geek/gamer/otaku, algumas pessoas irão possivelmente torcer o nariz. E realmente, Scott Pilgrim é um quadrinho realmente de nicho, a um público restrito. A esses, eu recomendo a compra (ou pelo menos pegue emprestado com um amigo), a todos os outros, dêem uma olhada antes de tirar o dinheiro da carteira, ou poderão gastar dinheiro a toa, que nem eu fiz com a comic de God Of War. Bem, essa é outra história… Até a próxima!

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s