[NES]Saint Seiya Ougon Densetsu


Saint Seiya, conhecido aqui no Brasil, como “Os Cavaleiros do Zodiaco” é um anime que se tornou uma febre aqui, e em diversos países, e é natural que animes assim, ganhem jogos lá no Japão, assim como é natural que a qualidade de muitos deles seja questionável, e esse aqui… Não é uma excessão. Como CDZ tem uma boa base aqui no Brasil, eu, fui desbravar esta pérola do NES.

 

O jogo cobre não sei quantas partes do anime, pois não cheguei a jogar todo, mas se você quiser saber a história… Oras, se deve estar lendo isso é porque sabe a história de CDZ de trás pra frente e de frente pra trás, inclusive aquele Gaiden do Hyoga, que eu nunca li. É, fãs de CDZ, me processem por nunca ter lido Natassia.

 

 

O jogo é um misto de Plataforma, RPG e aquela estratégia louca de alguns jogos de anime. Em alguns momentos, você agirá como em um jogo de Plataforma Side Scroll, derrotando alguns soldados rasos, com uma jogabilidade meio falha, já que os inimigos costumam te acertar mais que você acerta eles.

Os momentos RPG, são aqueles que você tem que ir de um lado para o outro, entre os eventos principais do jogo, e com os pontos de experiencia adquiridos durante as batalhas, aumentar os atributos, e usando o Cosmo (Equivalente ao MP), restaurar os pontos de energia.

A parte do estratégia fica pra hora das lutas principais. É uma mistura que simplesmente, impossível de explicar, funciona como uma batalha de RPG em turnos, mas sem uma lógica. Você carrega as barras de atributos, numa coisa meio doida e escolhe
o modo de ataque, os ataques custam cosmos, mas parece que tudo é feito no random. A defesa é algo random, você tem duas opções, Parry e Esquiva, nas duas você corre o risco de levar dano. É tudo aleatório ao extremo.

 

 

A parte gráfica do jogo é fraca, os personagens nas telas são mal desenhados, os sprites são feios (melhoraria um pouco em ougon densetsu kanketsu hen) e só os cenários transmitem certa fidelidade ao anime, é possível reconhecer o orfanato, a mansão kido, o coliseu, até aquela região perto da praia aonde o Seiya mora. Mas a física da parte plataforma é quase igual ao hokuto no ken de nes (pelo menos quando se está de armadura, o jogador pula alto pra caramba)

Bleeps e Bleeps irreconhecíveis. Sério, a abertura tenta ser uma imitação de Pegasus Fantasy que falha desgraçadamente, efeitos sonoros não combinam com o jogo. As musiquinhas nem de longe lembram as composições épicas do anime (Saint Seiya tem algumas das mais lindas BGM’s de se ouvir).

Finalizando, Saint Seiya: Ougon Densetsu não é uma boa experiência em se tratando de Saint Seiya. Se quiser algo melhor, tente o Saint Seiya Paradise, de Game Boy, ou o remake de Ougon Densetsu + Kanketsu Hen pro WonderSwan Color (esse, só em japonês). Aqui, você irá se irritar com todo o jogo, a não ser que seja um sadomasoquista. NÃO RECOMENDO, PASSE LONGE!

 

Nota: 4/10

Post anterior
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s