[Nintendo DS]Rock Revolution


A Konami é ‘pioneira’ nos jogos musicais, você pode não lembrar, mas se você joga Rock Band com seu bundle completo, é graças a Drum-Mania e Guitar Freaks, jogos que simulam respectivamente Bateria e Guitarra. Drum Mania e Guitar Freaks, óbviamente são jogos dos arcades e Playstations japoneses. Inclusive há um esquema em que o Arcade de Guitar Freaks está ligado ao de Drum Mania e os dois fazem o que hoje em dia chamamos de Rock Band… Sim, era quase possível ter uma banda. Mas, deixando a nostalgia konamesca de lado. Em 2005, o Harmonix (estúdio responsável pelos jogos Frequency e Amplitude, de PS2 e pelo antecessor espiritual de Sonic Free Riders, o EyeToy: AntiGrav. de PS2 que usava a Eye Toy do PS2 de forma semelhante ao Kinect), junto com a Activision, lançou para PS2, o jogo que deu uma lufada de ar fresco no gênero musical no ocidente, o arrasa quarteirão e hoje falecido, Guitar Hero. E em 2007, o mesmo Harmonix, desta vez sob a batuta da EA, lançou Rock Band, que adicionava vocais e bateria aos já conhecidos Baixo (Introduzido em Guitar Hero 2) e Guitarra. A Konami, “querendo” de volta sua gorda fatia no gênero musical, anunciou na E3 de 2008, Rock Revolution… E sejamos francos, a apresentação não convenceu muito os jornalistas presentes, fora que o bundle do jogo sairia caríssimo (e olha que quem reclamou do preço foram os AMERICANOS). Pois bem, o jogo foi meio esquecido, então é hora de analisá-lo em sua versão DS… É, eu não tenho dinheiro nem pra comprar um Wii, quanto mais um bundle completo de Rock Revolution.

Rock Revolution

Produtora: Konami

Gênero: Musical

Plataforma: Nintendo DS

 

O jogo tem o objetivo de formar uma banda (com personagens pré determinados, escolha entre dois personagens para cada instrumento) e colocar seus hits no topo das paradas… Bem, ao menos tem mais objetivo que o Band Hero, não que isso seja lá grande coisa. A propósito, assim que estamos na tela título já começamos a perceber aonde a Konami (ou melhor, o hb studios) errou no jogo. É, esse review não pode terminar bem.

Escolhidos os membros da banda (O primeiro é aquele que será o seu personagem) vamos ao Rock and Roll… Cada instrumento tem um tipo de jogabilidade. Mas basicamente todos (exceto os vocais) são a mesmíssima coisa, usar a stylus para tocar a nota desejada no momento em que ela passar pelo ponto dito. Com a bateria, dependendo da dificuldade, toque a stylus na parte da bateria correspondente a da nota. Mas seja rápido, pois algumas músicas tem um ritmo acelerado. Se você for daqueles viciados, pode tentar com duas stylus, eu falhei miseravelmente nisso. A parte do baixo, há apenas dois tipos de nota, riscar a stylus para baixo ou para cima, divididos nas quatro cordas, quando a nota estiver no ponto indicado. A guitarra é a mesma coisa, sendo que não há as cordas do baixo para definir, apenas um circulo central e as notas devem ser tocadas quando estiverem lá, mas além do cima e do baixo, há um movimento circular para se fazer… Tal movimento, de 20 tentativas, acerto umas três e olhe lá. Algumas notas estarão com uma estrela, tocando-as em sequência, aumentará o combo e encherá uma das bolinhas que libera o, por falta de nome no jogo, “Super Move”, o Super Move permite que algumas (poucas, dependendo da quantidade de bolinhas) notas sejam tocadas em automático.

Comigo falando assim, parece que o jogo funciona bem não é… Ledo engano, não é incomum você errar várias notas por falhas mínimas, além da ativação do Super Move ser nada intuitiva. a dificuldade, mesmo na Medium é frustrante. O único instrumento que faltou comentar, foram os vocais. E sim, sabemos que a capacidade do microfone do DS não é lá grandes coisas, mas ele tem um uso bem criativo no Starfox de DS. Aqui, caso queira pode cantar, mas o que o microfone e o jogo detectam é o timbre da sua voz, se está no pedido pela música, e é isso que se determina os pontos que você ganha. E aqui o ativamento do Super Move fica mais fácil com as mãos livres.

Os gráficos são o horror, o horror! Meus olhos, meus olhos! Sério, pessoal… Guitar Hero On Tour e Band Hero parecem ter sido programados por Leonardo da Vinci em pessoa, quando comparados com esta coisa aqui. Os personagens durante as músicas… São GIF’S… Isso mesmo, o DS não é tão poderoso graficamente como o PSP, mas ainda assim recebeu jogos maravilhosamente lindos como Solatorobo e Dragon Quest IX, além de Wizard of Oz: Beyond the Yellow Brick Road que também é competente, ou seja… Se é pra fazer, faz direito, porra!

A trilha sonora é bem escolhida, vejam abaixo as da versão DS:
“Paralyzer” Finger Eleven
“All My Life” Foo Fighters
“All The Small Things” Blink-182
“Blitzkrieg Bop” Ramones
“Sk8er Boi” Avril Lavigne
“Spoonman” Soundgarden
“Joker & the Thief” Wolfmother
“Youth Gone Wild” Skid Row
“Dance, Dance” Fall Out Boy
“Detroit Rock City” Kiss
“Somebody Told Me” The Killers
“Heading Out to the Highway” Judas Priest
“The End of Heartache” Killswitch Engage
“Bad Reputation” Joan Jett
“We’re Not Gonna Take It” Twisted Sister
“White Room” Cream
“Won’t Get Fooled Again” The Who
“The Spirit of Radio” Rush

Porém, vejam só, o primeiro problema é que O JOGO não te indica de quem é a música, tive que ir na Wikipédia, e detalhe… As músicas são tremendamente mal executadas, cantores ruins e desafinados com o ritmo… Escute essa versão de sk8er boi da metade pro fim pra perceber isso.

A Konami devia aprender que não é só colocar músicas bacanas pra um jogo musical ser bom, mas aqui falta tudo, desde gráficos a execução dos temas propostos. Não sei porque continuo jogando isso. Acho que sou um masoquista, pois desde o início eu já sabia que continuar comendo merda não vai mudar a sensação ruim da primeira colherada de merda.

Nota Final: 3,5/10

E o Datena, pra me sacanear, pede IBAGENS!

Gif

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s