Diário de Bordo: Musashi – Samurai Legends (Parte 1)


Enfim, começo a jogar Musashi: Samurai Legends, infelizmente o Diário não terá imagens ilustrativas, pois eu jogo no PS2 e por enquanto não tenho como capturar imagens, so, let’s roll!

A história começa com uma garota, aparentemente da realeza, fazendo algo num local, que parece ser uma invocação de algo. Um guarda a alerta para ser rápida, mas um ser meio mecânico, meio monstruoso ataca o guarda. Outros surgem, acompanhados de um homem. O homem vai até a garota, que é uma princesa e após um diálogo, a sequestra, pois ela, estava exausta por conta da invocação. O cristal que ela estava fazendo a invocação, brilha.

Em outro local, um meteorito cai do céu, e revela que o meteorito na verdade era Musashi. A cena muda para uma semana depois, eu, já no controle, subo a floresta e me dirijo ao gato. Ele me explica algumas coisas, e diz que devo completar meu treinamento, ensinando os comandos básicos do jogo. Muito relevante, apenas um puzzle em que tive que levar o gato pra poder pegar a espada grande pacas. Depois disso, meu treinamento é concluído e o gato me manda seguir em frente, mas tem uma esfera azul bloqueando meu caminho. A quebro com minha espada grande e liberto uma garota, que diz que se precisar de uma loja, ela estará numa cidade que esqueci o nome. (Estava jogando duas da manhã). Seguindo em frente, entro em uma caverna, que por fora parece uma caverna tradicional, mas por dentro mais parece um túnel e lá dentro, encontro alguns baús (trancados) e alguns inimigos padrão e uns robôs novos. Fatio todos, sem parar e chego numa barreira de placas, com uma moto. Pego a moto e sigo em frente, derrotando os inimigos no caminho, nenhum deles é problema, exceto o Red Ninja que tem um golpe um pouco forte e joga bombas, mas mesmo assim desmonto ele em pedaços.

No fim do túnel, encontro um Checkpoint (aparentemente esparsos durante o jogo) e mais uma esfera azul impedindo meu caminho. A parto e salvo um outro vendedor, seguindo em frente. Encontro um enorme caminho que dá entrada a uma espécie de fábrica, mas há muitos robôs pelo caminho, tenho de prosseguir com cuidado, fatiando dois por vez, o problema é quando começam a surgir os inimigos comuns e com a câmera ruim do jogo, fica difícil lutar com eles ao mesmo tempo, assim perco um pouco de tempo e muito HP. Perto do fim desse caminho minha situação de HP é extremamente crítica, a quantidade que havia conseguido recuperar foi perdida nos combates. Ainda assim, chego na entrada da fábrica e adentro o local. Encontro alguns inimigos normais e um robô novo, voador que atira, mas é um pouco fraco, meu nível já chega ao 3 e passando pelos inimigos, chego ao elevador para o segundo andar. À minha esquerda tem uns dois inimigos e mais uma esfera azul, aonde salvo um garotinho, e daí sigo para a direita, fatiando mais inimigos genéricos, e encontro uma porta. Adentro essa porta e tem uma espécie de dispositivo ligado a uma câmara aonde está a princesa. Quebro o despositivo e liberto a princesa, mas ela está cansada demais e desmaia em meu colo. A carrego para fora e fatio alguns inimigos em meu caminho (dá até pra usar a pessoa carregada como arma =p) e volto para o elevador, que ao invés de descer, sobe mais um andar.

Lá no topo, a princesa está com energia o suficiente para manter-se de pé e conversamos sobre como sairemos dali. O personagem vai até a borda do local, até que escuta um grito. O vilão do jogo sequestrou a princesa e tem início um daqueles diálogos chavões de herói contra vilão, “bla-di-bla” “muahaha” “vou chutar sua bunda até a semana que vem”, que vemos em rpg’s, anime e tokusatsu a rodo. O vilão foge e deixa um de seus asseclas, um robô que se transforma em uma bola, tem dispositivos com espinhos e armas de fogo. Em uns dois minutos, mal faço cócegas nele e ele limpa o chão com a minha cara. Tenho uma nova chance pra lutar, e com um pouco de dificuldade (e a câmera lazarenta), parto ele em pedaços, retornando em seguida para a floresta e em seguida para a aldeia, salvando o jogo e indo dormir, porque já eram 2 e 40 da manhã. E por aqui terminamos a primeira parte do diário de bordo, voltamos quando derem chance de eu jogar na sala de novo, pq ter uma TV só em casa é dose! >_<

Deixe um comentário

4 Comentários

  1. O game parece ser legal (bater em inimigos usando uma pessoa?), tenta conseguir imagens enquanto joga pra gente ver melhor o game.

    Responder
    • Kyo

       /  2011/04/10

      Fica difícil, pq n tenho dispositivo de captura de imagens. Vou ver se acho screens em algum site. Ou um walkthrough no yt, mas pra isso… Banda Larga!😄

      Responder
  2. edbanana

     /  2011/10/05

    como passo a parte que tem que 4 caminhos . porque eu emtro la e fico que nem bobo e nao acho a saida e volto toda hora no mesmo lugar. voces sabem a diresao serta

    Responder
  3. edbanana

     /  2011/10/05

    e alguen sabe algum detonado em portugues se sabem me passen o site

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s