Macross 7: Ginga no Heart wo Furusaero (Game Boy Color)


Quem tem contato comigo, sabe que nos últimos dois meses estive numa jornada, assistindo ao anime Macross 7, e que me viciei nele a ponto de baixar vários albuns e musicas avulsas. E quando descobri que havia saído um jogo baseado na série, fui atrás dele para resenhar o mais brevemente possível. Ok, minha internet ficou estranha e eu fui acometido por preguicite aguda. Após jogar, capturar fotos, e tudo mais, eu me pergunto porque diabos levaram SEIS ANOS pra lançar algo de Macross 7? (A série é de 94/95) E logo para o antiquado Game Boy, se lançassem pra acompanhar a série, tinha o SNES, ou o Playstation, ou mesmo o Saturn? Pois bem, são perguntas que só o pessoal da epoch pode responder. Vamos ao jogo.

Macross 7: Ginga no Heart wo Furusaero

Produtora: Epoch

Desenvolvimento: Epoch

Gênero: Shoot’em up/Musical

Plataforma: Game Boy Color

O Jogo

Interessante saber que o jogo não segue o roteiro do anime, tampouco a história dos ovas dynamite 7 (que sairam entre 97 e 98), mas como não entendo bulhufas de japonês, e.. Espera aí, o Fire Valkyrie foi destruído no fim de Macross 7, e ele aparece no jogo? Ow shit, pelo amor de Alan Rickman, isso é um furo no roteiro, ou não, se ele for baseado no anime. De qualquer jeito, o MAAAAAL ataca a galáxia e cabe ao Fire Bomber impedir que esse MAAAAAAAL vença.

Jogabilidade:

A jogabilidade é dividida, no início, é possível formar uma equipe de três pilotos, escolhendo entre Basara, Mylene, Ray, Gamlin, Max (e já é o segundo jogo que ele aparece) e Millia (também é o segundo jogo em que aparece) e ir pelas fases num shoot em up horizontal. Pelo menos um dos três escolhidos, deve ser da Fire Bomber por conta da parte musical do jogo. As fases são divididas em 2 etapas (exceto a última que são 3), e depois da primeira etapa, você pode alternar para um outro modo (começando com um caça, pode mudar para Gerwalk ou Fighter), o que altera levemente alguns trechos da fase e poucos inimigos. As fases são terrivelmente simples, há um tiro e uma bomba. Apertando o select, pode-se trocar de piloto. Há power ups e energia a ser restaurada, quando se derrota alguns inimigos.

 


Na terceira parte, é um confronto musical contra um chefe. Enquanto toca a versão 8bit de alguma música do fire bomber, o inimigo te ataca com projéteis, na parte de baixo da tela, há uma linha horizontal, que durante os trechos da musica, fará curvas para baixo ou para cima, há um ponteiro que ajudará a identificar qual botão apertar. É necessário reflexos e coordenação para vencer as batalhas, já que enquanto “canta”, você deve desviar dos disparos. Essa foi uma das melhores sacadas do jogo.

 


Gráficos:

Os inimigos são repetitivos, os cenários um tanto monótonos e pouco criativos, as naves dos protagonistas são até bem feitas e as imagens das cutscenes são fiéis ao estilo do anime. Os chefes são bem sacados. Efeitos de tiro e bombas, parecem feitos nas coxas.

Sons:

Ponto mais forte do jogo (afinal, a franquia Macross tem tudo a ver com música). Embora as musicas de estágios normais e efeitos, são aquelas ‘padrão’ de jogos de nave. Nas boss battles e na abertura, rolam boas conversões 8bit dos temas da série. Ouve-se Seventh Moon, Planet Dance, New Frontier, Holy Lonely Night, Try Again e Dynamite Explosion, e todas estão sensacionais.

Finalizando:

Poucas sacadas boas num mar de Marasmo. É algo que claramente podia ter sido melhor, seções de shmup enfadonhas, cenários pouco criativos e sem razão alguma para ser feito pro console a ser lançado. Se fosse feito nos moldes de Einhander (Square, PS1) + boss musical e lançado para o Playstation One, teria se saido muito melhor, além de permitir que se colocassem as músicas originais.

Nota: 6,5/10

Este slideshow necessita de JavaScript.


Post anterior
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s