Bishoujo Senshi Sailor Moon (Snes)


Bishoujo Senshi Sailor Moon (Pretty Guardian Sailor Moon)

Produtora: Angel (Japão)/Bandai (França)

Desenvolvedora: Angel

Jogadores: 1/2

Gênero: Beat em up

Plataforma: SNES

Vamos abrir a nossa Semana Temática Sailor Moon com o primeiro jogo lançado para o SNES, chamado apenas de Bishoujo Senshi Sailor Moon. E sim, essa semana teremos post TODOS os dias, com conteúdo das Guerreiras Lunares.  Deixemos de conversa e vamos ao ponto:

O Jogo:

Sailor Moon, é baseado na primeira temporada do anime produzido pela Toei e baseado no mangá de Naoko Takeuchi (vulgo esposa do Yoshihiro Togashi, criador de Yu Yu Hakusho) e conta as aventuras de Usagi Tsukino (Serena na dublagem brasileira) e de suas amigas. Não vou me alongar demais, pois bem, no jogo é mais ou menos a mesma coisa e você tem que sair baixando o cacete em todo mundo, tendo disponíveis as cinco guerreiras da primeira temporada do anime. Para qualquer um que viveu a geração manchete, jogar Sailor Moon vai ser como voltar no tempo, quando tinhamos realmente tempo para fazer as coisas, éramos crianças ingênuas (q). Mas bem, deixa pra lá e vamos passar ao próximo ponto do review.

Jogabilidade:

Funciona quase que perfeitamente, é um beat’em up, basta a produtora polir a jogabilidade e tudo sai bem. Pois bem, parece que a Angel faltou algumas aulas de beat’em up, pois o jogo não é tão polido e não vai ser incomum você golpear o vento mais por conta do jogo do que por culpa sua.

O jogo não trás grande desafio em si, mas as vezes por conta desse pequeno erro, você leva uma ou duas sequências de golpes seguidas. Apesar desse defeito, é completamente jogável e cada Sailor tem movimentos e agarrões diferentes, sendo a Minako (Mina, vulgo Sailor Vênus) a única que ataca com seu chicote (ou seria corrente?), o que permite ataques de média-longa distância, Sailor Moon (a personagem) ataca com socos simples e quando agarra o inimigo dá cabeçadas nele (o que remonta ao fato de que a Sailor Moon é princesa, não guerreira, por isso não sabe lutar), Sailor Mercury Prateada (não resisti ao trocadilho) ataca com socos simples e dá bofetões na cara do inimigo, Sailor Marte usa suas belas pernas, digo, chuta a cara do infeliz até dizer chega e Sailor Jupiter usa sua força bruta e conta com agarrões que fariam Mike Haggar chorar de orgulho.

A dificuldade em si é mediana e crescente, sendo que você vai gastar muitos impropérios indevidos contra Zoisite (disfarçada de Sailor Moon), pois é apelação total (evite a voadora + combo dela que arranca life a beça), são um total de cinco fases, mais ou menos na medida de um Beat’em up (que varia de cinco a oito fases) clássico.

Gráficos:

Mostram bem do que o SNES é capaz, são bem desenhados e remontam em 100% a série animada, desde os menús (em japonês ou francês, dependendo da rom da versão escolhida) até as personagens, que são muito bem desenhadas com sprites bonitos e vivos, os cenários também foram muito bem feitos. As animações são bacanas, e embora tenha faltado capricho na animação de pegar itens, as outras compensam. Quando se fica parado na tela, a personagem não fica fixa, estática, mas simplesmente numa pose de aguardando, bem animadinha (exceto a Sailor Marte que bate o pé, impaciente, o que remonta a personalidade explosiva de Rei). Quando se perde uma vida, a personagem fica no chão, chorando, até que surge do alto novamente e após vencer um mestre, ela fica bem animadinha. Pode se dizer que a produtora caprichou muito no visual, e considerando que estamos em 1993.

Sons:

Um ponto forte do jogo, conta com vozes digitalizadas das seiyuus (dubladoras) das Sailors, o tema de abertura, Moonlight Densetsu está lá, óbviamente sintetizado e os temas das fases são bem animadinhos, chegando nos bosses as músicas mudam pra algo mais contextualizado com a ocasião. Os efeitos sonoros, incluindo as vozes estão bem bacanas, os inimigos não possuem voz, nem quando morrem, exceto algo estranho que acontece quando se agarra e arremessa o inimigo, ele tem uma voz… que é igual entre inimigos homens e mulheres, mas vamos relevar porque nem conta contra o jogo, é algo mais como curiosidade mesmo.

Finalizando:

Se você não gosta de Sailor Moon, não irá gostar desse jogo, mas se pelo menos gostar dos hentais, que são ótimos da série e ainda por cima gostar de beat’em up’s, dê uma chance ao jogo. É legal. E as pernas das Sailors… @.@

Nota: 8/10

Galeria abaixo (67 imagens) :

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s